Nossa homenagem a Mandela

18 de julho de 2019

O dia 18 de julho, data do nascimento de Nelson Mandela, foi escolhido pela ONU para homenageá-lo, criando o Dia Internacional Nelson Mandela, sendo ele o único a quem essa Organização concedeu essa honraria. Ele é uma das pessoas mais premiadas e homenageadas do mundo, colecionando 695 prêmios, sendo um deles o Prêmio Nobel da Paz de 1993, por sua dedicação e esforço para terminar com a segregação racial e por sua luta pelos princípios democráticos e de igualdade para a África do Sul – seu país.

Exemplo de coragem, determinação, ousadia, obstinação e luta incessante até conseguir seu intento que era o fim do apartheid – regime de segregação racial. Durante esse regime vigente na África do Sul por 46 anos (1948-1994), era proibido o casamento inter-racial, havendo obrigatoriedade do registro da raça nas certidões. Além disso, os negros eram confinados em regiões e bairros, havendo escolas, hospitais, transporte, etc. em separado para eles.

Mandela, também conhecido como Mandiba, tinha vários apelidos, como Dalibhunga, que ele ganhou aos 16 anos dado o seu perfil que já se delineava, pois esta palavra significa criador da conciliação e do diálogo. Muitos episódios em sua vida confirmam esse seu perfil. Eis alguns deles:

Em 1990, depois de 26 anos de prisão, ele foi libertado por decisão do presidente da África do Sul, Frederik de Klerk. Ao sair da prisão, ele fez um discurso chamando o país para a reconciliação. Seu espírito conciliador e aberto ao diálogo também ficou evidente quando, em 1993, ele e o presidente de Klerk assinaram uma nova Constituição sul-africana, que teve como valores norteadores igualdade, liberdade, democracia, justiça e respeito, pondo fim a mais de 300 anos de dominação política da minoria branca, preparando a África do Sul para um regime de democracia multirracial.

Sua tendência à negociação foi demonstrada durante os 26 anos em que ficou preso, quando ele negociou muitas vezes a sua liberdade e a de todos os presos políticos. O fato de sempre estar disposto a negociar, apesar de sofrer a violência de estar preso, indica sua obstinação pela conciliação e pelo diálogo. Entretanto, nem sempre o acordo era possível, mas ele não desistia de negociar. Ele se recusava a sair da prisão sempre que a concessão de soltura era dada apenas para ele e não para os demais presos políticos. Esse é um outro traço de seu caráter – a lealdade.

Entretanto, nem sempre foi possível para ele negociar e usar a não-violência que ele tanto prezava e admirava em Gandhi, no qual se inspirou. Houve momentos em que teve que lutar com as mesmas armas violentas de seus algozes, uma vez que a não-violência pressupõe uma via de duas mãos à qual nem sempre ambos os lados estão dispostos a usar. Porém, apesar desses momentos, Mandela conseguiu manter seu caráter íntegro demonstrado em sua forma de agir e encarar as dificuldades que foram muitas em sua vida.

E para finalizar esse breve panorama que demonstra o perfil e o caráter de Mandela relatamos aqui sua instigante iniciativa ao assumir a presidência da África do Sul. Notando uma distância considerável entre brancos e negros, ele decidiu apoiar a seleção sul-africana de rúgbi composta apenas por jogadores brancos. Seu apoio chegou ao ponto de vestir a camisa da seleção. Seu exemplo inspirou muitos negros no país a apoiarem também essa seleção, e com isso mudar a forma como brancos e negros se relacionavam.

​Por Rosane Schikmann – Coach e Mediadora de Conflitos

Rosane Schikmann

Tem uma ampla e sólida experiência profissional construída ao longo dos 42 anos de sua carreira corporativa como executiva, empreendedora, consultora, coach executiva empresarial, facilitadora e anfitriã de grupos de CNV e mediadora de conflitos. Atuou também como docente em nível de graduação e pós graduação, palestrante e conteudista. Sua vivência prática nas áreas onde atuou e suas formações em Biologia, Mestrado em Administração, Coaching, Moderação de Discussão e Mediação de Conflitos compõem seus recursos para exercer as atividades às quais se dedica atualmente

Posts Relacionados

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chamar no WhatsApp
Tire suas dúvidas
Olá!
Caso queira tirar alguma dúvida é só chamar.